Spielberg envia comida a hospital e doa US$ 500 mil para combate a pandemia

Spielberg envia comida a hospital e doa US$ 500 mil para combate a pandemia

Por EFE

Los Angeles (EUA), 3 abr – O cineasta Steven Spielberg está encomendando comida para os médicos e enfermeiros do hospital mais próximo ao escritório de sua produtora em Los Angeles, para onde doou recentemente US$ 500 mil para enfrentar a pandemia do coronavírus SARS-CoV-2.

Os funcionários do Providence Saint Joseph Medical Center têm recebido nos últimos dias pratos de almoço e jantar da empresa de Spielberg, Amblin Entertainment, de acordo com fotos publicadas pelo portal “TMZ”.

Segundo os funcionários, os pratos – que vão de comida indiana a churrasco – chegaram com uma nota agradecendo pelo trabalho dos “heróis da linha de frente”.

Dias antes, o diretor doou US$ 500 mil à Câmara Municipal de Los Angeles para cobrir os custos de compra de equipamentos médicos e prestação de cuidados a crianças e idosos vulneráveis devido a esta crise de saúde.

O prefeito da cidade, Eric Garcetti, revelou no Domingo as contribuições de Spielberg e outros nomes de Hollywood, como o CEO da Disney, Bob Iger, e o produtor Jeffrey Katzenberg.

Iger anunciou nesta semana que vai abdicar do próprio salário a partir de Abril para reduzir o impacto que a pandemia terá na empresa, que fechou os parques temáticos, cancelou estreias de filmes e fez uma pausa em quase todas as gravações.

Os gestos de Spielberg e Iger são mais uma engrenagem na rede de ações de solidariedade que várias celebridades estão promovendo para tentar mitigar os efeitos da Covid-19.

Madonna acabou de doar US$ 1 milhão à Fundação Bill e Melinda Gates, que criou um departamento para pesquisar sobre a doença causada pelo novo coronavírus. A estrela do country Dolly Parton também doou mais US$ 1 milhão para pesquisas realizadas pela Universidade Vanderbilt, no Tennessee.

A Academia de Hollywood, instituição que organiza a cerimônia do Oscar todos os anos, anunciou nesta sexta-feira que criará um fundo de US$ 6 milhões para ajudar os trabalhadores da indústria cinematográfica, que foi completamente paralisada pela pandemia do coronavírus.


ESCLARECIMENTO IMPORTANTE: O ReporteroCubano.Net não compartilha necessariamente as opiniões políticas expressas em artigos retirados de outros meios de informação. | Visite a fonte para obter mais informações

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *